Como organizar um pequeno negócio utilizando o Modelo Canvas

Quando a maioria das pessoas pensa em como organizar um pequeno negócio, focam excessivamente em providências como:

  • Ponto Comercial
  • Papelada e alvarás
  • Reformas e adaptações do imóvel
  • Mobiliar e implementar a infraestrutura (internet, telefonia etc.)
  • Compra de estoques ou preparação para prestar o serviço
  • Contratação de pessoal

E isso está errado? Não que esteja errado, mas estas são as últimas coisas que a pessoa deve fazer quando se debruça sobre a atividade de como administrar um pequeno negócio.

Antes disso, é preciso descobrir e planejar 2 coisas:

  1. O modelo de negócio: como ele será operado, quem é seu público, quais os recursos essenciais, parcerias etc.
  2. A modelagem do processo de negócios: definir cada uma das etapas para produzir e vender os produtos e serviços. No caso de abrir uma loja de doces, por exemplo: comprar ingredientes, misturar, levar ao forno, assar, embalar o bolo, levar para o balcão, esperar os clientes, fazer a venda, receber o pagamento, fazer a emissão da nota fiscal.

Portanto, não tem como organizar um pequeno negócio sem fazer o planejamento, o chamado plano de negócio, e definir estas duas importantes balizas para todo resto da operação.

Mas fique tranquilo: vamos mostrar para você duas maneiras fáceis, ágeis e práticas de conseguir tudo isso.

Veja também: Curso de Modelagem de Processos de Negócio com BPMN

Como organizar um pequeno negócio rapidamente e com sucesso

Como você viu, são duas fases: a estruturação do modelo de negócio, e a definição das etapas do gerenciamento do processo para a entrega do seu produto ou serviço ao cliente final.

Vamos começar pela primeira fase.

Como usar o Modelo de Negócios Canvas

O Modelo Canvas é ideal para quem vai abrir e quer organizar um pequeno negócio, porque ele é intuitivo, fácil de completar e já dá todas as dicas do que fazer e de como administrar uma pequena empresa.

Ele é um quadro com 9 espaços em que você deve completar os campos adequadamente.

Para cada um deles,vamos dar uma definição rápida (quando necessário) e um exemplo ilustrativo para quem fosse abrir uma loja de doces:

  1. Proposta de valor: É um conceito bastante elaborado, mas poderíamos dizer que é a percepção que seu cliente vai ter de seu negócio. Exemplo: loja de bolos finos para festas ou para comer no local em um chá da tarde.
  2. Relacionamento com o cliente: Na loja de doces, será próximo e exclusivo.
  3. Canais: Como você pretende distribuir seus doces. Exemplo: na própria loja e em um delivery via internet.
  4. Segmentos de clientes: Pessoas físicas de alto poder aquisitivo que dão festas, executivos da região e empresas que fazem eventos para clientes ou empregados.
  5. Receitas: Compras feitas na loja, para festas ou consumo no local, encomenda de bolos para festas, feitas na loja ou pela internet.
  6. Custos: Matérias primas, energia, salários, aluguel, etc.
  7. Parceiros: Aplicativo de celular para pedidos de entrega, organizadores de festas e eventos, buffets de casamento etc.
  8. Atividades Chave: Produção de bolos de alto nível, atendimento de primeira na loja e desenvolvimento de parcerias.
  9. Recursos Chave: Ingredientes de primeira, boleiras experientes e bem treinadas, balconistas educadas e treinadas e ponto bem localizado.

Caso você tivesse a intenção de criar uma doceria de bolos caseiros e baratos, praticamente todos os campos do Canvas seriam preenchidos com dados completamente diferentes.

Que achou do Modelo Canvas para planejar a maneira de como administrar um pequeno negócio?

Veja mais: Fluxograma de processos de vendas: feche mais negócios!

Usando ferramentas de modelagem de processos em pequenos negócios

Você já ouviu falar em fluxogramas? Quando se modela um processo como o objetivo de definir como administrar uma pequena empresa, é possível criar fluxos de processos como aquele que descrevemos mais acima, para assar e vender o bolo.

Confira: Mapeamento de processos e fluxograma pode ajudar a empresa?

Mas isso se dá de uma maneira intuitiva e fácil de fazer, com uma interface gráfica do tipo arrasta e solta e com instruções na própria tela, quando se usa um software de modelagem de processos adequado, como HEFLO que, além de tudo, é gratuito e está hospedado na nuvem.

Não é preciso instalar em seu computador, é só acessar, se cadastrar e começar a usar.

E, caso você tenha dúvidas de como usar, é só assistir a alguns vídeos tutorias, como este abaixo, em nosso canal do YouTube, ou se matricular em nosso curso pago.

Elementos do BPMN - Business Process Model and Notation

E aí, acabou? Bem, na verdade, só começou o processo de como administrar uma pequena empresa. Agora, está na hora de começar a desenhar o plano de marketing da empresa e buscar maneiras de como fidelizar clientes, mas isso vai ficar para um próximo post, ok?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu