Controle e melhoria de processos: veja como uma consultoria de redução de custos pode ajudar seu negócio

Custos são todos os gastos empregados diretamente na produção de seus produtos ou na prestação de seus serviços. Todo gasto sem o qual seria impossível entregar sua solução ao mercado é considerado um custo.

Por exemplo: se você tem um restaurante, será impossível preparar os alimentos sem usar gás em sua cozinha (se seus fogões usarem este combustível, claro). Portanto, este é um custo. Mas se você não tiver um sistema de monitoramento de segurança, você poderá continuar a servir seus pratos para seus clientes, o que faz com que esse gasto não seja um custo.

Se para entender o que é custo nós já gastamos dois parágrafos, imagine como é complexa a tarefa de fazer a gestão de custos de um negócio.

Neste artigo, vamos mostrar o que faz e quais as vantagens de contar com uma consultoria de redução de custos auxiliando na otimização de seus processos e proporcionando mais saúde financeira à sua empresa.

Consultoria de redução de custos: o que ela faz?

Uma consultoria de redução de custos vai analisar sua empresa em busca de formas de melhorar sua gestão do desempenho empresarial, mas focando nos aspectos relativos aos custos fixos e de produção.

Isso significa que boa parte do trabalho estará relacionada com a redução de desperdícios e perdas, por exemplo, assim como de ineficiências, atrasos, erros e retrabalhos. Esses conceitos estão todos muito relacionados com a melhoria contínua de processos, mas, neste caso, com especial atenção ao custo que processos mal planejados ou mal executados podem gerar.

Veja alguns aspectos que uma consultoria de redução de custos pode ajudar a analisar em seu negócio:

Perdas

Perdas ocorrem quando um serviço ou produto deixa de ser entregue ao cliente final em função de não apresentar a qualidade mínima desejada para atender suas necessidades de forma satisfatória.

Uma perda pode ser gerada, entre outros, pelos seguintes motivos:

  • Erro no processo produtivo, gerando um produto defeituoso ou com inconformidades;
  • Especificações erradas, quando o resultado até está dentro da norma, mas não foi requisitado pelo cliente e não há como aproveitar para outro (e mesmo se houver, implicará em custos de devolução, transporte etc.);
  • Perdas no estoque, quando produtos ou insumos para sua produção são inutilizados, perdem o prazo de validade ou mesmo são danificados devido a falta de condições adequadas de armazenamento.

A consultoria de redução de custos ajudará não apenas a detectar as perdas, mas a definir as maneiras corretas de evitá-las.

Desperdícios

Usar mais do que o necessário para produzir suas mercadorias ou prestar seus serviços é outra forma de aumentar custos desnecessários.

Desperdício de energia, de recursos financeiros e de insumos são os mais comuns, quando estes são mal-empregados devido à falta de padronização nos processos e de um controle inadequado do uso dos recursos.

Custos fixos

Custos fixos são aqueles que não variam com o aumento ou diminuição da produção ou da prestação dos serviços. Assim, um empreendedor que tem uma pousada, caso não seja o dono do imóvel, pagará o mesmo aluguel, independente de seu estabelecimento estar lotado ou às moscas.

Custos fixos podem ser reduzidos com a renegociação de contratos, terceirizações, reavaliação da infraestrutura necessária e até com investimentos.

Por exemplo: uma empresa de transporte urbano com 100 ônibus tem um custo de manutenção alto se sua frota for antiga. Um investimento na renovação da parte mais defasada da frota pode reduzir esse custo fixo de manutenção.

Uma boa consultoria de redução de custos tem como saber se esse negócio é lucrativo e se vale a pena mesmo renovar a frota e diminuir o custo de manutenção, ou se esse investimento pode acabar não compensando.

O fantasma dos custos invisíveis

Uma consultoria de redução de custos também pode ajudar a identificar os chamados custos invisíveis. Esses custos são aqueles que não aparecem em nenhuma planilha ou demonstrativo, mas estão lá e impactam em seu negócio.

Burocracia que torna processos lentos e causa atrasos, a falta de padronização de processos e o uso de sistemas de gestão ou softwares desatualizados e utilizados de forma errada, causando erros e retrabalhos, são as principais causas dos custos invisíveis.

Como você deve ter notado, adotar um sistema de controle de custos, para verificar como seus recursos estão sendo empregados e tomar medidas corretivas caso seja necessário, e trabalhar na melhoria contínua e gestão dos processos produtivos são os dois principais fatores que podem ajudar sua empresa a reduzir custos.

Conte com uma consultoria especializada no assunto para auxiliar sua empresa nesse processo. A experiência desses profissionais pode fazer toda diferença.

Este artigo foi escrito pela equipe da Setting Consultoria, especializada em ajudar empresas a estabelecerem o melhor caminho entre sua situação atual e seus objetivos futuros.

2 Comentários. Deixe novo

  • Avatar
    LUIS CARLOS DE LIMA NECHI
    novembro 13, 2019 8:21 pm

    O pequeno e Micro empresário sofre muito hoje com a concorrência desleal
    principalmente no que se refere aos impostos !

    Independente se você tem um bom controle de custos a ausência de vendas inviabiliza qualquer
    negocio !

    Tenho feito alguns controles excelentes de custos em algumas empresas mas infelizmente elas
    não estão conseguindo sobreviver diante tal situação que se encontra o mercado competitivo !
    Quem sabe a tal reforma tributária consiga amenizar isso !

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu