Análise SWOT: exemplos e dicas, aprenda a fazer na prática!

Quem está familiarizado com o conceito de planejamento estratégico e suas ferramentas, conhece bem a análise SWOT e sua importância.

Trata-se de uma metodologia fácil de se usar para estudar os ambientes interno e externo de sua empresa, em busca de algumas respostas que ajudarão os gestores a formular estratégias.

Na verdade, trata-se de uma tabela SWOT, com 2 linhas e 2 colunas.

Neste post, você conhecerá  a origem e os conceitos por trás da análise SWOT, com exemplos práticos de como usar.

Aproveite!

Veja também outras 2 importantes ferramentas de planejamento estratégico:

O que significa SWOT, afinal?

Antes de entrarmos à fundo na análise SWOT e seus exemplos, é importante entender melhor sua origem e significado.

E é fácil entender o que é análise SWOT, veja:

O termo SWOT é um acrônimo das palavras Strenghts, Weaknesses, Opportunities e Threats que significam respectivamente: Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças. A Análise SWOT, também é conhecida e amplamente aplicada no Brasil pelo nome Análise FOFA ou FFOA.

A Análise SWOT é um sistema relativamente simples de detalhamento que visa posicionar ou verificar a posição estratégica de uma determinada empresa em seu ramo de atuação.

Assim, devido à sua enorme simplicidade e abrangência metodológica, a análise FOFA de uma empresa pode ser utilizada para fazer qualquer tipo de análise de cenário ou ambiente. Isso vai desde a criação de uma pequena empresa à gestão de uma multinacional.

Mas para entendermos como colocar em prática a Análise SWOT precisamos entender seu conceito e o que cada palavra que compõe seu nome representa. Por isso, vamos apresentar a matriz SWOT com exemplos práticos.

Para isso, vamos trazer alguns exemplos de perguntas e dicas de como fazer sua análise SWOT de uma empresa, logo abaixo.

Antes de continuar dê uma conferida no nosso editor de processos BPMN e crie sua conta totalmente grátis. Clique aqui para conhecer o HEFLO.

Análise SWOT, exemplos de perguntas para desenvolver cada característica

O exercício de criar a sua Análise SWOT com exemplos, consiste em levantar o maior número possível de itens para cada característica.

Portanto, vamos analisar ponto a ponto.

Análise SWOT: exemplo de estudo do ambiente intermo

Não é possível apresentar uma matriz FOFA com exemplos, sem que antes você entenda os conceitos de ambiente interno e externo.

Vamos começar pelo ambiente interno. Trata-se daquele sobre o qual os gestores da empresa têm controle.

Por exemplo: funcionários qualificados. Ora, se a empresa não tem funcionários qualificados, a direção pode se esforçar por meio de trinamentos e capacitação para mudar esse quadro.

Outro exemplo: localização. Se uma empresa achar que sua localização é inadequada, ela pode tentar se mudar. Isto é: Ela tem controle sobre isso.

Pode ser, até, que ela não tenha capital suficiente, mas existem meios de se conseguir capital ou de desenvolver um plano de ação para tentar melhorar essa situação.

Em suma: o ambiente interno é composto por todos os elementos e fatores sobre os quais a empresa pode exercer sua vontade para tentar alterá-los de alguma forma.

Esses fatores e elementos podem ser forças ou fraquezas de seu negócio. Você vai entender isso melhor a seguir, com o início de nossa análise SWOT com exemplos de uma empresa.

As forças de uma empresa

Está relacionada às vantagens que sua empresa possui em relação aos concorrentes. São as aptidões mais fortes de sua empresa. Para defini-las, responda a algumas perguntas relacionadas a este exemplo de Análise SWOT:

  • Quais as suas melhores atividades?
  • Quais seus melhores recursos?
  • Qual sua maior vantagem competitiva?
  • Qual o nível de engajamento dos clientes?

As forças também podem ser elementos internos que trazem benefícios para o seu negócio. Uma outra maneira de pensar sobre isso é imaginar os elementos que estão sobre o seu controle, ou seja, você consegue decidir se mantém ou não.

Alguns exemplos podem ser:

  • A união de sua equipe;
  • Uma certa quantidade de ativos (imóveis, equipamentos modernos, etc.);
  • Localização privilegiada;
  • Relacionamentos estratégicos;
  • Modelo de cobrança.

 Fraquezas do negócio

As fraquezas são as aptidões que interferem ou prejudicam de algum modo o andamento do negócio. É muito importante haver sinceridade nesta etapa da análise. Pode-se encontrar as fraquezas para sua Análise SWOT utilizando os seguintes exemplos de perguntas:

  • A mão de obra é capacitada?
  • Existem lacunas de treinamento?
  • Por que a concorrência foi escolhida?
  • Por quê meu engajamento não funciona?

As fraquezas encontradas precisam ser examinadas e observadas de forma isolada, para que assim, seja possível nulificar os problemas que ocasionam.

Se não for possível corrigir as fraquezas a curto prazo, o ideal é que sejam estudados métodos para minimizar seus efeitos ou tentar contorná-los de modo que se tornem forças relevantes para o negócio.

Outros exemplos de fraquezas a serem analisadas:

  • Produto altamente perecível;
  • Matéria prima escassa;
  • Equipe desmotivada;
  • Tecnologia ultrapassada;
  • Processo de entrega deficitário.

Confira este checklist baseado no livro de Kotler, 2000. Ele mostra pontos fortes e fracos com exemplos do que descobrir sobre eles em seu negócio:

análise SWOT exemplo

Análise SWOT: exemplo de estudo do ambiente externo

Ora, se o ambiente interno é aquele que se pode controlar, o ambiente externo é representado por aqueles fatores sobre os quais a empresa não consegue interferir.

Esses fatores podem representar oportunidades ou ameaças.

Por exemplo: se houver um aumento da taxa de câmbio, não há como a empresa modificar este cenário. Da mesma forma, se uma seca acabar com uma determinada matéria prima usada pela empresa, não haverá meios de reverter esse quadro.

Nos exemplos acima, a alta da taxa de câmbio pode ser uma oportunidade para uma empresa exportadora, que receberá mais Reais a cada Dólar exportado. No caso de uma empresa importadora, a alta do Dólar é uma ameaça.

Da mesma forma, uma seca é uma ameça para a empresa que depende da matéria prima que se tornou esqueça devido a essa mudança climática.

Você vai entender isso ainda melhor conferindo mais esta parte da análise SWOT com exemplos.

Ameaças ao negócio

Ao contrário das oportunidades, as ameaças são forças externas que influenciam negativamente a empresa e devem ser tratadas com muita cautela. Isso porque podem prejudicar não somente o planejamento estratégico da companhia, como também, diretamente em seus resultados.

Exemplos de ameaças para sua Análise SWOT:

  • Novos competidores;
  • Perda de trabalhadores fundamentais;
  • Mudança de Leis e parâmetros regulamentadores;
  • Informatização e automatização de processos.

Inove em sua forma de gerenciar e abra uma enorme vantagem competitiva: Conheça o que é BPM e o que é processo empresarial.

As ameaças também podem significar os medos que existem por parte da gestão da empresa. Deve-se pensar, mesmo que por alto, maneiras de mitigá-las. Outros exemplos:

  • Entrada de um concorrente muito maior no mercado;
  • Pirataria dos seus produtos;
  • Escassez de mão de obra;
  • Catástrofes naturais/guerras;
  • Roubo da tecnologia e informações fundamentais.

Oportunidades que devem ser aproveitadas

São forças externas que influenciam positivamente a empresa. Não existe controle sobre essas forças, pois elas podem ocorrer de diversas formas, porém, devem ser feitas pesquisas ou planejamentos que prevejam minimamente o acontecimento desses fatos. Como por exemplo:

  • Mudanças na política econômica do governo;
  • Alteração em algum tributo;
  • Investimentos externos;
  • Ampliação do crédito ao consumidor.

As oportunidades estão relacionadas aos desejos dos gestores e embora elas estejam fora do controle da empresa, deve-se haver uma preparação mínima para o caso delas ocorrerem. Outros exemplos:

  • Algum modismo esporádico que aumente o consumo de seu produto;
  • A concorrência precisar de sua ajuda;
  • Ter acesso à uma nova tecnologia;
  • Algum produto complementar ao seu ser lançado.

Existe uma acrônimo chamado PESTEL que resume os principais elementos que um bom exemplo de análise SWOT deve levar em conta, confira:

Exemplo de matriz SWOT pronta

Esta análise com matriz SWOT e seus exemplos de perguntas e reflexões devem ser desenvolvidas e interpretadas de forma com que você consiga unir os principais componentes que atuam como elementos da análise externa e interna.

O “diagnóstico” deve ser confiável e se fundamentar o planejamento de médio e longo prazo da organização. Esse é um método de administração que auxilia a empresa em diversos aspectos, principalmente, na tomada de decisões.

Mas como correlacionar o ambiente interno com o externo? As forças e fraquezas com as oportunidades e ameças?

Para isso, você deve responder a 4 perguntas.

4 perguntas da análise SWOT: exemplo prático:

  1. Como minhas forças podem me defender das ameaças?
  2. Como minhas forças podem potencializar as oportunidades?
  3. Como minhas fraquezas podem atrapalhar minhas oportunidades?
  4. Como minhas fraquezas podem tornar as ameças ainda maiores?

Ao correlacionar essas respostas, você poderá tirar algumas conclusões e traçar planos de ação com base na análise SWOT.

Confira este infográfico que vai te ajudar a fazer a análise SWOT, basta preencher os espaços em branco:

analise SWOT exemplo

Se você ainda está em dúvida de como usar a tabela SWOT, vamos parentar um exemplo prático de análise SWOT de uma empresa.

Exemplo de matriz SWOT pronta

Fizemos a análise SWOT com o exemplo de uma empresa que produz calçados de couro.

Forças:

  • Localização privilegiada: próxima de um porto de exportação, de um grande mercado consumidor e não muito distante dos fornecedores de couro.
  • Funcionários altamente qualificados: os colaboradores têm grande experiência na confecção de calçados de couro, que, por isso, são de alta qualidade.
  • Marca muito conhecida no Brasil: o branding da empresa é excelente, com muito reconhecimento em nosso país.

Fraquezas:

  • Logística desorganizada: a parte de estoques e entregas da empresa carece de uma organização melhor. É tudo feito com controles manuais e muita burocracia.
  • Marca desconhecida no exterior: apesar da fama e status da marca no Brasil, ela é completamente desconhecida lá fora.

Oportunidades:

  • Programa governamental de incentivo a exportação: o Governo Federal acaba de lançar um programa de auxílio a exportação, com foco na divulgação de produtos brasileiros por meio de uma agência oficial de comunicação especializada.
  • Alta da produção de couro: condições meteorológicas favoráveis levaram a um aumento recorde da produção de gado e, consequentemente, de couro. Com isso, o preço dessa matéria prima caiu bastante.
  • Linha de crédito para a automatização de processos: o Governo de seu estado está lançando uma linha de crédito especial para a aquisição de softwares e hardwares com o objetivo de automatizar processos na indústria.

Ameaças:

  • Aumento do valor dos fretes: os caminhoneiros, que fazem o transporte dos calçados para os centros de consumo, ameaçam entrar em greve e já exigem aumento dos fretes.
  • Produtos substitutos: calçados feitos de materiais sintéticos estão entrando na moda em nosso pais.

Agora que você já detectou as oportunidades e ameaças, deve colocá-las na matriz SWOT. Veja o exemplo:

Gestão de processos organizacionais

Gestão de processos organizacionais

Em seguida, correlacione os exemplos de pontos fortes e fracos com as oportunidades e ameças, para organizar planos de ação, assim:

  • Aproveitar os incentivo à exportação do governo (oportunidade) e a qualidade de seus produtos (força) para fazer a marca mais conhecida no exterior (fraqueza).
  • Se valer da queda no preço do couro (oportunidade) e a localização próxima do porto (força) para iniciar um programa de exportação, evitando a concorrência de produtos substitutos no mercado interno (ameaça) e o aumento de frete (ameaça).
  • Usar o incentivo estadual à automatização de processos (oportunidade) para melhorar a logística da empresa (fraqueza) e exportar com mais eficiência.

Como você viu, os planos de ação pretendidos têm uma relação entre si, o que permitirá o desenho de um excelente plano estratégico.

A análise, SWOT, com esses exemplos, ficou mais clara para você? Se não, veja mais aqui: Entenda definitivamente o que é analise SWOT

Já pensou em usar a automatização de processos para diminuir as fraquezas de sua empresa?

Sua empresa usa a melhoria contínua para transformar seus processos em grandes forças de seu negócio?

Conte para a gente nos comentários!

Aproveite para conferir este vídeo sobre a melhoria de processos do nosso curso de modelagem BPMN.

Aula de Demonstração sobre Melhorias em Processos

27 Comentários. Deixe novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu